Exu, Pernambuco

É embaixo da Chapada do Araripe, no alto sertão pernambucano, a 630 quilômetros do Recife, que está localizado o município de Exu.

A vegetação típica é a caatinga, porém ainda é possível encontrar vegetação de médio e grande porte, como o eucalipto. Com o clima semi-árido e quente, sendo muito frio no inverno e muito quente no verão, com temperaturas típicas do deserto – quente de dia e frio à noite.

Cidade quente, pobre, que apesar de não ostentar sofisticação e modernidade, é mãe natural de ilustres cidadãos pernambucanos. Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, e Bárbara de Alencar – uma das primeiras mulheres a se envolver em política e lutar a favor da Independência do Brasil.

Bem na entrada da cidade, está o Parque Aza Branca (escreve-se com z, mantendo a grafia original), marco maior do acervo cultural e histórico de Gonzaga, recentemente tombado pelo Governo do Estado. Lá estão localizados o Museu do Gonzagão com mais de 500 peças pertencentes ao Rei do Baião, as casas de Januário (pai de Luiz Gonzaga) e Gonzaga, no tempo em que o cantor voltou a morar no sertão – o destaque dos lugares se dá pela preservação dos móveis e objetos originais usados pelos dois – e o Mausoléu do Gonzagão – onde estão os restos mortais da família. Na pequena Vila do Araripe, a 12 quilômetros do centro, está a capela de São João Batista (onde Gonzaga foi batizado), a Casa Grande, a primeira da região e hoje museu de Bárbara de Alencar, e um monumento em pedra, representando a casa de barro onde Gonzagão nasceu.

Os amantes das festas populares também podem aproveitar o período da festa do padroeiro Senhor Bom Jesus dos Aflitos, no mês de janeiro, a Semana Santa, os festejos Juninos, além da tradicional vaquejada que acontece no mês de setembro. Mas, sem dúvida, o destaque maior das festividades do Exu vai para as homenagens nas datas de nascimento e morte de Luiz Gonzaga, a conhecida Festa do Gonzagão, que acontecem, respectivamente, nos dias 13 de dezembro e 2 de agosto, no Parque Aza Branca.

A tradicional família Alencar foi responsável pela fundação das famosas fazendas Várzea Grande, Caiçara (onde nasceram Gonzaga e Bárbara), Bodocó, Salgueiro e Gameleira. Nesta última, situada no pé da Serra do Araripe, foi fundado o povoado de Exu. Entretanto, devido o Exu Velho, como era conhecido do local, estar situado no sopé da Serra do Araripe, numa região sujeita a erosão, já que a água que escorria da serra poderia provocar desmoronamentos, foi acordado a transferência do povoado para as localizações cujo comércio se desenvolvia fortemente. A partir de então, nascia o Novo Exu, onde permanece até hoje. Nas localidades do Exu Velho só restaram as ruínas da antiga Igreja Matriz, marco arquitetônico em pedra e barro, que se tornou um dos maiores pontos turísticos da cidade. O centro comercial, no vilarejo da Pamonha, é possível encontrar verdadeiras obras de artes em pedra, todas assinadas pela natureza.

O turismo ecológico é outro atrativo da cidade. Nas trilhas pelas Camarinhas da Gameleira, local onde dá para ter uma visão panorâmica de toda a cidade, as cachoeiras naturais de águas cristalinas e geladas do Cantarino, e a beleza insólita das Mangueiras, com sua singularidade e aquele friozinho bom da Serra – contrapondo a temperatura elevada do centro da cidade – são opções para os mais aventureiros.


3 Comentários on “Exu, Pernambuco”

  1. Eduardo Cardoso Silva disse:

    O meu sonho um dia é conhecer o museu gonzacao, por que Luiz gonzaga nos deixou uma trajetória de vida humuilde e simple, as letras de suas tem uma finalidade de muita importancia, por que trata de uma realidade do povo sertanejo que passa por dificuldade no seu dia-a-dia. Luiz gonzaga deixou um exemplo significante através da suas musicas. sou um fã de Luiz gonzaga.

  2. Virgínia disse:

    Como se deu a criação da verdadeira da Capela de São João Batista no Exu-Pe ?

    Desde já, Obrigado!

  3. agamenon porfirio de lima disse:

    ORA NASCEU EM EXU,ORA NASCEU EM CABROBÓ,ZONA DA MATA… FINALMENTE, ONDE NASCEU BARBARA DE ALENCAR? TÁ NO GOOGLE É SÓ PESQUISAR.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s