Parque Dona Lindu

No dia 26 de março de 2011, o Parque Dona Lindu foi aberto inteiramente à população do Recife.

Desde 2007, quando começou-se a falar do Parque, ele foi cercado de polêmicas. Alguns contestaram o custo da obra, outros sua utilidade, e muitos acharam descabido fazer uma homenagem a Dona Lindu, mãe do Presidente Lula (afinal, o que teria feito ela por Recife?). O parque foi “inaugurado” diversas vezes; em 2008, o prefeito que saía quis deixar sua marca e fez a primeira inauguração; em 2010, foi feita uma “entrega” do parque.

O que importa é que agora recifenses, pernambucanos e todos os visitantes podem desfrutar de um parque que preservou um espaço verde da cidade, oferecerá programas culturais e está localizado à beira-mar de Boa Viagem, próximo à pracinha de Boa Viagem, um dos pontos mais visitados de Recife. Antes do Dona Lindu, os turistas que quisessem conhecer um grande parque do Recife teriam que se deslocar ao Parque da Jaqueira, ao norte do Capiberibe (a Jaqueira continua sendo o mais tradicional espaço para caminhadas da cidade).

O Dona Lindu, que foi inaugurado com show de Lenine, já conta com movimentada programação cultural (ver agenda da primeira semana; ver também fotos do Dona Lindu no dia da inauguração).

O Parque ocupa uma área de 27.166,68 m², com 60% destinados à área verde; o terreno foi por longo tempo objeto de pendenga judicial, ao final da qual ficou determinado que a Aeronáutica era a proprietária.

O projeto do parque é de autoria de Oscar Niemeyer; destacam-se no projeto arquitetônico o teatro e o pavilhão de exposições. O parque inclui ciclovia, pistas para cooper e skate, quadra poliesportiva, playground, áreas para descanso e ginástica, restaurante, sanitários, fraldário e central técnica.

Anúncios

Hotel Atlante Plaza, Recife

O magnata do petróleo americano Jean Paul Getty foi um dos homens mais ricos do seu tempo; quando lhe perguntavam por que ele trabalhava tanto para acumular tanta riqueza, uma das respostas que costumava dar era: “em toda grande cidade, existe o melhor hotel, que tem seu melhor quarto, e eu quero me hospedar nesse quarto”.

Se você ficar bilionário e for ao Rio, provavelmente quererá hospedar-se no Copacabana Palace; e  se vier ao Recife, qual o melhor quarto do melhor hotel que o dinheiro poderá comprar?

A resposta será: fique na suíte presidencial do Atlante Plaza.

Recife tem uma conhecida carência de hoteis, e mais ainda de hoteis de alto padrão.

O Atlante Plaza localiza-se à beira-Rmar da praia de Boa Viagem (que está rapidamente caminhando para tornar-se o endereço mais exclusivo de todo o Nordeste do Brasil), tem design arrojado (“o grande prédio de vidro azul”), restaurantes de primeira qualidade, elevadores panorâmicos, serviço de alto padrão (dadas as limitações da mão de obra no Recife).

Se você frequenta o Ritz de Londres, o Four Seasons de Nova York, o Fasano em São Paulo, então o seu hotel no Recife é o Atlante Plaza.


Sport Recife apresenta o novo estádio da Ilha do Retiro

O Sport Club do Recife apresentou ontem as primeiras imagens do que virá a ser o novo Complexo da Ilha do Retiro.

A foto abaixo mostra uma ilustração artística do Complexo.

O atual estádio da Ilha do Leite será reformado e transformado em uma Arena com capacidade para 45 mil pessoas, seguindo todos os padrões de qualidade exigidos pela FIFA.

Além do estádio, o Complexo será composto de um Centro de Convenções, torres comerciais e um hotel.

O custo anunciado é de R$ 400 milhões, a ser bancado pelo consórcio Plurisports, encabeçado pela empresa de engenharia Engevix. O consórcio poderá, durante 30 anos, explorar direitos do Complexo (aluguel de espaço, receitas de serviços, etc); o Sport, entretanto, continuará coletando 100% das rendas de bilheteria e camarotes.

O Complexo tem localização privilegiada no Recife: às margens do rio Capibaribe, próximo à praia de Boa Viagem e ao centro da cidade, mais próximo do aeroporto do que o atual Centro de Convenções. Se concretizado, será um excelente negócio para o Sport Recife (a torcida do Sport apóia o projeto); em 2009, o Náutico também apresentou um novo estádio, mas o projeto não avançou.

Em paralelo a esses novos projetos, o Governo de Pernambuco dá andamento acelerado ao Cidade da Copa, que será o palco dos jogos da Copa de 2014 no Recife.


Linhas de ônibus especiais durante o Carnaval

Durante o carnaval, o trânsito de Recife e Olinda, que já é confuso, torna-se caótico; motoristas que ousam ir de carro próprio encontrarão dificuldades para chegar e sair, dificuldade para estacionar, a extorsão dos flanelinhas, chances de ver o carro danificado, etc.

Todos os anos, a fim de estimular o uso de transporte coletivo durante o Carnaval, as empresas de ônibus criam linhas especiais, com roteiros e horários convenientes para os foliões.

Abaixo, informações sobre as linhas do Carnaval em 2011:

Cinco linhas especiais levarão os foliões para os principais focos da festa em Recife e Olinda

O Grande Recife Consórcio de Transporte (consórcio que reúne as empresas de ônibus urbanos da cidade), como nos anos anteriores, vai operar com linhas especiais para o período momesco. A novidade desta edição é a criação da linha Circular/Olinda.

Com este novo serviço, cinco linhas farão atendimento direcionado ao folião que quer chegar o mais próximo possível dos focos da festa. O atendimento será feito entre os dias 5 (sábado) e 8 (terça-feira) de março, com a utilização de 41 veículos, que realizarão 1.260 viagens. No ano passado, o serviço especial, que operou com quatro linhas, realizou 1.156 viagens com um total de 28 ônibus. O que significou, em 2011, um acréscimo de 104 viagens e 13 coletivos.

As linhas especiais Circular do Galo, Circular do Frevo, Shopping Tacaruna/Olinda, Shopping Recife/Olinda e Circular/Olinda saem de pontos estratégicos do Recife e de Olinda e levam os foliões para os principais focos da folia nestas duas cidades.

A Circular do Galo opera apenas no “Sábado de Zé Pereira” (05/03), das 7h às 18h, para auxiliar os usuários na ida ao desfile do “Galo da Madrugada” e no retorno para casa. Para isso, transitará entre o Cais de Santa Rita e o Shopping Tacaruna, passando pelas avenidas Cruz Cabugá e Mário Melo que são vias de retorno para diversas áreas da Região Metropolitana do Recife. No total, seis ônibus realizarão 80 viagens com um intervalo médio de 20 minutos, com uma tarifa de R$ 2,00 (Anel “A”). Esta é a única das linhas especiais que não se dirige a Olinda.

A partir do domingo – e até a terça-feira, entra em operação a Circular do Frevo. Operando das 9h às 4h do dia seguinte, a linha integrará com o Sistema Estrutural Integrado (SEI), saindo do Terminal Integrado do Recife (anexo à Estação Central do Metrô) em direção aos principais focos da folia, tanto no Recife quanto em Olinda. No total, seis ônibus realizarão 159 viagens (53 em cada dia), com um intervalo que deve variar entre 20 a 25 minutos. A tarifa cobrada será de R$ 2,00 (Anel “A”).

A linha Shopping Tacaruna/Olinda, sairá do estacionamento alternativo do shopping (localizado na área externa, próximo a Avenida Cruz Cabugá) em direção ao centro de Olinda. A operação terá início no sábado e segue até a terça-feira, das 9h às 2h do dia seguinte. A frota de dez ônibus realizará um total de 117 viagens, com intervalo entre seis e 15 minutos. A tarifa é de R$ 1,30 (equivalente ao Anel “G”).

Para os usuários que vierem da Zona Sul do Recife, o Grande Recife reedita a linha Shopping Recife/Olinda, que tem como ponto de partida o estacionamento do Shopping Recife (área “F”, parada seletiva 2) e como destino aos principais pontos de folia de Olinda. No percurso estão inclusas a Avenida Conselheiro Aguiar e Agamenon Magalhães (em Recife); Rua do Farol, Elesbão de Castro, Carlos de Lima Cavalcanti e Pan Nordestina (Olinda). No sábado, sete ônibus realizarão 52 viagens, das 12h às 5h do dia seguinte. Entre o domingo e a terça-feira, os mesmos ônibus irão operar das 10 às 5h, realizando 62 viagens. Em ambos os casos, o intervalo irá variar entre 15 e 25 minutos. A tarifa praticada será de R$ 2,00 (Anel “A”).

Já a linha Circular/Olinda, terá uma operação focada nos principais pontos de folia do município, sem itinerar pelo Recife. Irá operar saindo do bairro de Rio Doce, em direção ao foco do Carnaval no sítio histórico da cidade, passando pelas Avenidas Getúlio Vargas, Carlos de Lima Cavalcante e Pan Nordestina até o Complexo de Salgadinho e retornando para Rio Doce pelos mesmos locais. A tarifa custará R$ 2,00 (Anel “A”) e o serviço ofertado irá variar nos dias da folia. No Sábado, oito veículos realizarão 63 viagens, com um intervalo entre 12 e 15 minutos. A partir do domingo, e até a terça-feira, 12 ônibus realizarão 84 viagens, com um intervalo médio de 12 minutos. Nos quatro dias da folia, a operação dos ônibus terá início às 8h e se estenderá até as 22h30.

DETALHAMENTO DAS LINHAS ESPECIAIS

1.Linha: CIRCULAR DO GALO

Frota: Seis ônibus convencionais
Viagem: 80 viagens
Tarifa: R$ 2,00 (equivalente ao anel A)
Período: Somente no sábado (dia 05/03)
Horário: 7h às 18
Intervalo médio: 20 minutos

Itinerário:

Terminal/Ponto de Retorno – Terminal de Passageiros do Cais de Santa Rita, Av. Martins de Barros, Ponte. Buarque de Macedo, Av. cais do Apolo, Av. Militar, Ponte do Limoeiro, Rua da Aurora, Av. Mário Melo, Av. Cruz Cabugá, Praça. General Abreu e Lima, Av. Cruz Cabugá, Praça Gal Carlos Pinto.

Ponto de Retorno/Terminal – Praça Gal Carlos Pinto, Av. Cruz Cabugá, Av. Mário Melo, Rua Da Aurora, Ponte do Limoeiro, Av. Militar, Av. Cais do Apolo, Ponte 12 de Setembro, Terminal de Passageiros do Cais de Santa Rita.

Observação
1 – Em função das interdições no sistema de circulação no desfile do Galo da Madrugada, está linha iniciará sua operação no Cais de Santa Rita. Desta forma, não realizará integração no TI Recife.
2 – O principal objetivo desta operação é possibilitar aos usuários o deslocamento do Terminal de Passageiros do Cais de Santa Rita até as avenidas Mário Melo e Cruz Cabugá, locais de retorno das linhas com destino à Zona norte da RMR.

2.Linha: CIRCULAR DO FREVO

Frota: Seis ônibus convencionais
Viagem: 53 viagens
Tarifa: R$ 2,00 (equivalente ao anel A)
Período: Domingo até terça-feira (6 a 8 de março)
Horário: 9h às 4 da madrugada do dia seguinte
Intervalo médio: 20 a 25 minutos
Itinerário:

Terminal/Ponto de Retorno – Terminal Integrado Recife, Rua Floriano Peixoto, Rua do Peixoto, Av. Sul, Cais de Santa Rita, Terminal de Passageiros do Cais de Santa Rita, Av. Martins de Barros, Ponte. Buarque de Macedo, Av. Cais do Apolo, Av. Militar, Ponte do Limoeiro, Rua da Aurora, Av. Norte, Av. Cruz Cabugá, Av. Olinda, Av. Santos Dumont, Av. Manoel Borba, Rua do Farol, Av. Min. Marcos Freire, Rua Dr. Elesbão de Castro.

Ponto de Retorno/Terminal – Av. Gov. Carlos de Lima Cavalcanti, Av. Chico Science, Av. Joaquim Nabuco, Av. Pan Nordestina, Av. Gov. Agamenon Magalhães, Viaduto Luiz Delgado, Av. Gov. Agamenon Magalhães, Av. Cruz Cabugá, Rua do Hospício, Rua Princesa Isabel, Ponte Princesa Isabel, Praça da República, Rua do Imperador, Rua da Praia, Cais de Santa Rita, Terminal de Passageiros do Cais de Santa Rita, Travessa Do Forte, Rua de São João, Rua da Concórdia, Rua Br. De Vitória, Rua Floriano Peixoto, Terminal Integrado do Recife.
Pontos de parada no foco carnavalesco de Olinda
(1) Av. Santos Dumont
(2) Praça do Carmo (Correios)
(3) Av. Min. Marcos Freire (próximo ao acesso a Praça 12 de Março)
(4) Rua Dr. Elesbão de Castro (entre as avenidas Min. Marcos Freire e Pres. Getúlio Vargas)

Observação

1 – Em função do desfile do Galo da Madrugada, esta linha não operará no sábado de carnaval.
2 – Esta linha de ônibus substituirá a operação da 117-Circular (Prefeitura) realizando integração física com o metrô. A partir das 23h, com a suspensão da operação do metrô, automaticamente está suspensa sua integração, com os ônibus adentrando no Terminal Integrado Recife só para embarque e desembarque dos usuários do Centro do Recife, além da estocagem da frota.

3.Linha: SHOPPING TACARUNA/OLINDA

Frota: 10 ônibus convencionais
Viagem: 117 viagens
Tarifa: R$ 1,30 (equivalente ao anel G)
Período de operação: Do sábado até a terça-feira (5 a 8 de março)
Horário: Das 9h às 2 horas da madrugada do dia seguinte
Intervalo: De seis a 15 minutos
Itinerário:
Terminal/Ponto de Retorno – Estacionamento alternativo do Shopping Tacaruna, Praça General Carlos Pinto (Cívica), Av. Cruz Cabugá, Av. Olinda, Av. Santos Dumont, Av. Manoel Borba, Rua do Farol, Av. Min Marcos Freire, Rua Dr. Elesbão de Castro.

Ponto de Retorno/Terminal – Av. Gov. Carlos de Lima Cavalcanti, Av. Chico Science, Av. Pan Nordestina, Viaduto Luiz Delgado, Av. Gov. Agamenon Magalhães, Retorno (após Rua Odorico Mendes), Av. Gov. Agamenon Magalhães, Rua Dona Mariana Rego Barreto, estacionamento alternativo do Shopping Tacaruna.

Pontos de parada no foco carnavalesco de Olinda
(1) Av. Santos Dumont
(2) Praça do Carmo (Correios)
(3) Av. Min. Marcos Freire (próximo ao acesso a Praça 12 de Março)
(4) Rua Dr. Elesbão de Castro (entre as avenidas Min. Marcos Freire e Pres. Getúlio Vargas)
4.Linha: SHOPPING RECIFE/OLINDA

Sábado
Frota: sete ônibus convencionais
Viagem: 52 viagens
Tarifa: R$2,00 (equivalente ao anel A)
Horário: Das 12h às 5 horas da manhã do dia seguinte
Intervalo médio: De 15 a 25 minutos

Domingo a terça-feira
Frota: sete
Viagem: 62
Tarifa: R$ 2,00 (equivalente ao anel A)
Horário: das 10h às 5 da manhã do dia seguinte
Intervalo médio: De 15 a 25 minutos

Período de operação: Do sábado a terça-feira (5 a 8 de março)

Itinerário:

Terminal/Ponto de Retorno – Área “F” do estacionamento do Shopping Recife (Parada seletiva 2), Rua Ten. Domingos de Brito, Rua Ernesto de Paula Santos, Av. Cons. Aguiar, Av. Eng. Antônio de Góis, Ponte. Gov. Agamenon Magalhães, Viaduto Cap. Temudo, Ponte. Papa João Paulo II, Av. Gov. Agamenon Magalhães, Viaduto Eng. Roberto Pereira de Carvalho, Av. Olinda, Av. Santos Dumont, Av. Manoel Borba, Rua do Farol, Av. Marcos Freire, Rua Dr. Elesbão de Castro.

Ponto de Retorno/Terminal – Av. Carlos Lima Cavalcanti, Av. Chico Sciense, Av. Pan Nordestina, Av. Gov. Agamenon Magalhães, Viaduto Luiz Delgado, Av. Gov. Agamenon Magalhães, Ponte. Papa João Paulo II, Viaduto Cap. Temudo, Ponte. Gov. Paulo Guerra, Av. Herculano Bandeira, Av. Eng. Domingos Ferreira, Rua Ribeiro de Brito, Av. Visconde De Jequitinhonha, Área “F” do estacionamento do Shopping Recife (Parada seletiva 2).
Pontos de parada nos focos carnavalescos de Olinda
(1) Av. Santos Dumont
(2) Praça do Carmo (Correios)
(3) Av. Min. Marcos Freire (próximo ao acesso a Praça 12 de Março)
(4) Rua Dr. Elesbão de Castro (entre as avenidas Min. Marcos Freire e Pres. Getúlio Vargas)

5.Linha: CIRCULAR/OLINDA

Sábado
Frota: oito ônibus convencionais
Viagem: 63 viagens
Tarifa: R$ 2,00 (equivalente ao anel A)
Horário: Das 8h às 22h30
Intervalo médio: De 12 a 15 minutos

Domingo a terça-feira
Frota: 12 ônibus convencionais
Viagem: 84
Tarifa: R$ 2,00 (equivalente ao anel A)
Horário: Das 8h às 22h30
Intervalo médio: De 8 a 15 minutos

Período de operação: Do sábado a terça-feira (de 5 a 8 de março)
Itinerário:

Terminal/Ponto de Retorno – Av. Tiradentes, Av. Das Garças, Av. Brasil, Av. Frederico Lundgren, Rua Belo Horizonte, Rua Almirante Tamandaré, Av. Gov. Carlos de Lima Cavalcante, Av. Dr. José Augusto Moreira, Av. Presidente Getúlio Vargas, Rua Manoel de Barros Lima, Av. Gov. Carlos de Lima Cavalcante, Av. Bultrins, Av. Joaquim Nabuco, Av. Pan Nordestina, Giradouro de Complexo de Salgadinho.

Ponto de Retorno/Terminal – Av. Pan Nordestina, Av. Agamenon Magalhães, Av. Olinda, Av. Santos Dumont, Av. Manoel Borba, Av. Sigismundo Gonçalves, Rua do Farol, Av. Ministro Marcos Freire, Rua Eugênio Luciano de Melo, Av. Pres. Getúlio Vargas, Av. Dr. José Augusto Moreira, Av. Carlos de Lima Cavalcante, Av. Frederico Lundgren, Av. Brasil, Av. Das Garças, Rua Amoras, Rua 39, Rua 37, Av. Tiradentes.

Pontos de parada nos focos carnavalescos de Olinda
(1) Av. Santos Dumont
(2) Praça do Carmo (Correios)
(3) Av. Min. Marcos Freire (próximo ao acesso a Praça 12 de Março)
(4) Rua Dr. Elesbão de Castro (entre as avenidas Min. Marcos Freire e Pres. Getúlio Vargas)


Carnaval de Recife e Pernambuco perdendo originalidade ?

Dois atributos do Carnaval de Recife e Pernambuco sempre foram motivo de orgulho: primeiro, que ele é democrático, gratuito para todo mundo (e isso continua assim); segundo, que ele era enraizado nas tradições locais, valorizando artistas da terra (o que acabava estimulando o surgimento de novos artistas, que sabia que poderiam ocupar os palcos de carnavais vindouros).

Isso estaria mudando? Algumas pessoas acham que sim.

Esse jornalista afirma que o Carnaval Multicultural é conversa para boi dormir.

Essa embromação chamada de “Carnaval Multicultural”, criada pela prefeitura do Recife, desde a gestão capitaneada pelo ex-prefeito João Paulo, e seguida pela gestão do prefeito João da Costa, não passa de um cínico artifício para “escantear” os artistas pernambucanos, dando oportunidade para que artistas de outras regiões, que nessa época ficam sem mercado de trabalho em seus estados de origem, possam ser contratados.

Enquanto isso a pergunta que não quer calar é: cadê Claudionor Germano, Getúlio Cavalcanti, Coral do Bloco da Saudade e os maestros Spok e Frevo, entre outros baluartes dos tradicionais ritmos da folia pernambucana? Foto: web. Júlio Ferreira. Recife/Pe.?

O carnaval de Olinda está sendo invadido pelo pagode e axé.

Garota Safada, Aviões do Forró, Bois Garantido e Caprichoso, Pixote, Molejo, Chicabana, animam o bloco, em onze trios elétricos, além das participações de Elba Ramalho e Neguinho da Beija Flor.

Mas isso tudo é apoiado pelo Governo, certo? Então é coisa boa, certo?

Esse outro jornalista informa que há muita coisa errada na Secretaria de Turismo de Recife e Pernambuco. Uso político da Secretaria, verba pública para interesses privados, e contratação de eventos (com participação de grupos de fora de Pernambuco) para maquiar a contabilidade.

Ninguém parece muito preocupado, ainda. O turismo está batendo recordes, os hoteis estão lotados, o carnaval ainda é gratuito. Mas, até vinte anos atrás, não havia abadás em Salvador (e hoje custa muito caro ter um). Que Recife e Olinda não chegue a esse ponto.