Ônibus do Recife para o interior de Pernambuco

Diversas cidades do interior de Pernambuco, seja no Agreste ou no Sertão, atraem turistas em eventos diversos como o Carnaval, Paixão de Cristo ou São João; dentre essas cidades, pode-se mencionar Caruaru, Petrolina, Salgueiro, Limoeiro, Carpina, e até mesmo Campina Grande, no agreste paraibano.

As tabelas abaixo informam: empresas de ônibus que fazem conexão, meios de contato, preços aproximados (em valores de junho de 2011) e tempo de viagem.

Sites das empresas de ônibus:

Progresso, Borborema, Expresso 1002.

Vale lembrar que Petrolina, a cidade mais distante do Recife, dispõe de um aeroporto com voos comerciais regulares pela TAM.

 

Anúncios

Recife tem melhor São João entre as capitais do Nordeste

No Nordeste, diversas cidades gabam-se de promover “o maior São João do Brasil e do Mundo”; as três maiores “concorrentes” localizam-se no interior dos Estados: Caruaru, em Pernambuco; Campina Grande, na Paraíba; e Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Não é coincidência que todas essas cidades localizem-se no interior. As festas de São João originalmente marcavam o solstício de verão, que no hemisfério norte ocorre no final de dezembro, e no hemisfério sul ocorre no final de junho; o solstício antecipa a época de colheita das plantações, e era nessas cidades interioranas do Nordeste que se concentrava a produção de alimentos (principalmente milho e mandioca, não por acaso muito presentes nas comidas típicas juninas), enquanto a zona litorânea era usada pra a produção de açúcar.

Dentre as principais capitais do Nordeste (Fortaleza, Natal, Joao Pessoa, Recife, Maceió e Salvador), é em Recife que o turista terá mais opções de aproveitar os festejos juninos – é bom ressaltar, entretanto, que mesmo esses festejos do Recife não se comparam às grandes festas juninas do interior.

Veja a programação do São João em Recife para o ano de 2011.

Com o slogan “São João tradicional a gente faz na Capital”, Recife terá seis polos de animação este ano, incluindo o recém-inaugurado Parque Dona Lindu,  onde será a abertura da festa, em 8 de junho, às 20 horas.

O ciclo junino da capital pernambucana começa com o concerto especial da Orquestra Sinfônica do Recife, que terá as participações dos homenageados deste ano: a forrozeira Terezinha do Acordeon e o Quinteto Violado, grupo que comemora 40 anos de trajetória artística.

Além do Parque Dona Lindu, a festa contará com os polos do Sítio Trindade, Pátio de São Pedro, Praça Arsenal da Marinha (Recife Antigo), Rua da Tomazina e Nascedouro de Peixinhos.

Durante 22 dias, a programação preparada pela Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura Cidade do Recife valoriza o autêntico forró e o talento dos músicos regionais, o bailado das quadrilhas juninas e a religiosidade das procissões, bem como a culinária típica.

A festa conta com 355 artistas, concursos de quadrilhas, caravanas do forró com shows itinerantes (incluindo o famoso Trem do Forró), cidade cenográfica, brincadeiras e adivinhações populares para o público infantil, Mostra de Culinária Afro, Desfile das Bandeiras e Procissão dos Santos Juninos.

No Chevrolet Hall, ocorre um evento privado (ingresso na casa dos R$ 65) chamado São João da Capitá, com a presença dos grupos de axé da Bahia.